segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

'Official Charts Company' diz que não irá integrar visualizações no Youtube à parada de singles

@Megaovo facebook.com/megaovo

Na última semana, a Billboard divulgou que sua principal parada de singles, o 'Hot 100', passaria por algumas mudanças, incluindo visualizações dos clipes das faixas e covers na popularidade dos singles do chart, e dessa vez foi revelado que a parada britânica não irá aderir a essa ideia.

Martin Talbot, diretor do Official Charts Company, contou à BBC que a parada de singles do Reino Unido é baseada unicamente nas vendas das canções, e que integrar visualizações no Youtube não faz parte de seus planos.
''O 'Hot 100' nunca foi uma parada basicamente de vendas, ela incorpora audiência nas rádios desde os anos 50. E ao contrário deles, o 'Singles Chart' do UK é uma parada puramente baseada em vendas de singles desde que surgiu em 1952. Com as vendas de singles crescendo cada vez mais nos últimos nove anos, não há planos de incorporar nenhum tipo de streaming na nossa parada."


Na última atualização do 'Hot 100', o novo viral "Harlem Shake" assumiu o topo da parada, graças às novas regras definidas pela Billboard e pelo Nielsen SoundScan.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário