domingo, 13 de outubro de 2013

Em carta aberta, ex-namorado fala sobre consumo de drogas, depressão, agressão e tentativa de suicídio do Christian Chávez

@Megaovo facebook.com/megaovo

O ex-namorado que trocou agressões físicas com Christian Chávez – e, com ele, passou algumas horas na cadeia – escreveu uma longa carta aberta ao site Latin Times, comentando a recentesuposta tentativa de suicídio do cantor. No texto, ele conta toda sua versão da história, afirma que o mexicano é usuário de drogas e sofre de depressão. “Escolhi falar, porque agora o público está começando a ver a gravidade da instabilidade mental do Christian, e suas táticas cruéis para se manter relevante quando os holofotes começam a desaparecer”, escreveu o americano. “Ele postou um vídeo dizendo que as fotos são, de fato, reais. Por que ele não está em um hospital ou sob cuidados psiquiátricos? Por que ele não está em tratamento? Porque ele é autorizado a twittar e comentar seus atos? Para mim, isso é incrivelmente suspeito”.
Segundo Kruger, o ex-RBD tem um “talento enorme” para manipular a mídia e os fãs, apoiado em mentiras. Na carta, ele lembra que, no início do namoro, Christian Chávez montou um esquema com um paparazzo, a fim de vender as fotos do “flagra” do casal por US$ 10 mil para uma revista. O americano diz também que, no dia em que foram ao tribunal, em abril, o cantor fez questão de exibir hematomas agravados com maquiagem, para convencer a imprensa de que era a vítima. “Ele apareceu como se tivesse sido atropelado por um caminhão. Eram 48 horas após o incidente, e hematomas como os que ele exibiu não aparecem rapidamente no corpo. Seu braço estava imobilizado (lembre-se que foi o mesmo braço que ele usou para arrombar a porta) e pareceu que só ele tinha se machucado. Ele deu uma coletiva na saída do tribunal, e fingiu chorar para as câmeras. Foi sua melhor atuação”, afirmou Kruger, que entrou com ordem de restrição contra o cantor.
Na época, Christian já abusava gravemente de drogas, o que provocava insônia e paranoia nele. Os problemas entre o casal começaram por causa disso, e se agravaram quando Kruger quis expulsá-lo do seu apartamento. “Christian me confessou que abusava de uma droga estimulante (não vou dizer o nome). A quantidade que ele usava era tão grande que lhe causava ansiedade intensa, paranoia e alucinações”. Segundo ele, Christian não tinha mais nenhum dinheiro da época do RBD e havia até vendido seu carro, tornando-se totalmente dependente do namorado. Apesar disso, o mexicano o traía e, em contrapartida, o acusava de traição. “Durante o incidente (a agressão), Christian estava sob efeito de drogas. Era perceptível, a polícia me perguntou e eu confirmei. Mas esse detalhe foi deixado de fora da história”, escreveu.
Entre outros detalhes, Ben Kruger lembra que o ex-namorado já foi preso por porte de drogas em Nova York e que teve uma relação igualmente complicada com o então marido BJ Murphy, que era cabelereiro e maquiador do RBD. “Christian tem um histórico de mentir para a imprensa. O melhor exemplo que posso dar é que ele ainda é casado com BJ Murphy, com quem se casou em 2005 no Canadá. Seu empresário e ele anunciaram o divórcio e fizeram o público crer que eles se divorciaram. Virou senso comum que eles são divorciados. A verdade é que ele era casado durante a nossa relação, e ainda está casado”, garantiu. “Christian tem um histórico de usar táticas de choque para ganhar atenção e virar notícia. Ele é um indivíduo extremamente problemático, com tendências psicóticas. Ele era assim antes de eu conhece-lo, foi assim enquanto estava comigo, e continua assim desde que nos separamos. Não tenho dúvidas de que as imagens que ele twittou eram reais e de que ele está em uma ‘extrema crise’ enfrentando o vício em drogas e a depressão. Apesar de tudo que fez comigo, agora só posso lamentar por ele”.

popline

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário